Título do artigoO uso de máscaras é obrigatório?

O uso de máscara é obrigatório em todos os voos LATAM e é responsabilidade de cada passageiro levar sua própria máscara. O uso obrigatório é para passageiros vacinados e não vacinados.

Estas podem ser: cirúrgicas tradicionais, N95 e KN95 (sem válvulas), máscaras artesanais fabricadas de tecido (multicamada), sempre que cubram por completo o nariz e a boca.


Não é permitido o uso de:

  • Máscara com válvula (qualquer tipo)
  • Lenços ou bandanas de tecido
  • Protetores bucais plásticos

    Importante: as máscaras ou elementos que não apareçam na lista de máscaras permitidas em voos LATAM são consideradas proibidas, sem exceções.

    Lembramos que durante o voo os passageiros devem permanecer em todo momento com sua máscara corretamente colocada (exceto para hidratação e alimentação), ou seja, cobrindo por completo nariz e boca.

    Revise a recomendação do fabricante sobre o tempo de uso. Descarte e troque sua máscara se estiver suja, úmida ou deteriorada. Leve sempre máscaras de reposição para todos os voos, principalmente para os de longa duração.

    Norma LATAM:  Nenhum passageiro poderá embarcar no avião sem máscara ou sem seu devido uso, exceto bebês (entre 0 e 2 anos). As pessoas que apresentem alguma condição médica que impossibilite seu uso, deverão apresentar um 
    atestado médico. A sua utilização é flexibilizada no caso de menores de 2 a 11 anos, só permitindo-lhes retirar a máscara por curtos períodos, desde que a regulamentação local o permita.  Considere, que a regulamentação local tem precedência sobre as regras de uso da LATAM.


    Regulamentação local para voos com origem e destino no Brasil:  em cumprimento às normas das autoridades locais do Brasil, nenhum passageiro poderá embarcar no avião sem o uso adequado de máscara,  à exceção de bebês de 0 até 03 anos. Pessoas que tenham condições médicas que impossibilitem o uso da máscara, tais como pessoas com transtorno do espectro autista, com deficiência intelectual, com deficiências sensoriais, nos termos do  artigo 3º A, §7º da Lei n.º 13.979/2020, deverão apresentar um
    atestado médico comprovando a condição de saúde, o qual deverá, também, mencionar expressamente a impossibilidade de uso da máscara.

     

    Considerações especiais


    Alguns países têm normas adicionais sobre o uso e obrigatoriedade de máscaras:

  • Voos de/para e dentro da Colômbia: se permite apenas o uso de máscara cirúrgica. Não é permitido o uso de máscaras reutilizáveis.
  • Voos de/para o Peru: é obrigatório o uso de máscara dupla durante toda a viagem.
  • Voos dentro do Peru: é obrigatório usar máscara dupla a todo momento. Será permitido o uso de máscara reutilizável sempre que esta cumpra com as normas do MINSA.
  • Voos dentro do Brasil: é permitido usar máscara reutilizável, sempre e quando tenha mais de 1 camada de proteção. Caso contrário, será necessário usar máscara cirúrgica, N95 ou KN95 (sem válvulas).  
  • Voos dentro do Chile: é obrigatório usar máscara cirúrgica, 3 camadas ou superior (KN95, N9). Não é permitido o uso de máscaras reutilizáveis ou feitas de tecido.



    Importante:
    As normas locais variam constantemente e é de responsabilidade de cada passageiro estar informado sobre as mesmas para viajar sem inconvenientes. Confira nossos requisitos para viajar para saber mais detalhes.